Posts Tagged ‘mente

19
jan
12

dia a dia

imagem Zhou Fan

.

Altos e planos

Enganos

Picos e vales

Altiplanos

 .

Observo

 .

Avanços e estagnações

Confusões

Ajo e reajo

Divisões

 .

Percebo

 .

Mente presente

Contente

Arruma artifícios

Desarruma

Cria caminhos

Fabrica objetivos

Chama a atenção

Consegue ardilosamente

 .

Desatenção

.

.

Rossana Preziosi

.

Anúncios
15
dez
11

mente-corpo-Consciência

.

Ao se sentir sozinha e abandonada a irmã mais velha assume o papel de protetora do irmão mais novo e assim cuida de tudo.

Natural que assim seja.

Acaba convencendo-se de que é forte, competente, esperta, necessária, imprescindível.

Uma simples estratégia de sobrevivência de ambos.

 .

Ela é só uma criança, assustada, inexperiente, limitada,  forçada a agir pragmaticamente pela ausência da mãe. Uma dupla presa no tempo e no espaço. Ela não sabe ser diferente.

Impossível odiá-la, loucura querer exterminá-la.

É o que é.

Um dia, aquela que é a sua origem e a origem de tudo, se faz presente.

Acaba  a necessidade da representação do papel. Não mais irmã mais velha. Finalmente só criança.

Agora fazer somente o que é pra ser feito (nada mais do que isso e tudo isso), brincar, pular, acabar com a ilusão de que se está no comando.

Liberdade, alívio.

Luz

 .

Rossana Preziosi

.

.

03
dez
11

desigualdade

.

Eu

Rastejo

 .

A vida

Voa

 .

A consciência

Oscila

 .

A mente

Cega

 .

O Tempo

Esvai-se

 .

.

Rossana Preziosi

.

.

29
nov
11

lembrete

.

Se exponha. Esqueça o ridículo. Dance, cante, grite. Vibre. Fale muito. Fale alto. Fofoque. Dê gargalhadas. Conte piadas. Se comunique. Se expresse. Se perca. Se encontre. Se relacione. Cultive os amigos. Conheça novos amigos. Conquiste os inimigos. Se apaixone. Sofra. Confie. Se iluda. Se desiluda. Chore. Se entregue completamente. Se fragilize. Se descabele. Se magoe. Sinta raiva. Chore mais. Continue a pesar de. Reinicie. Uma e outra vez. 

.

Seja intenso. Exagerado. Profundo. Apaixonado. Derramado. Desarmado. Frágil. Atingível. Vá ate as últimas conseqüências. Participe da vida. Sem medo, inteiro. Honestamente. 

.

Gire no redemoinho -samsara. Mergulhe na cachoeira gelada. Seja consciente da absurda irrealidade da suposta realidade. Ilusão.

.

Não fuja, não se engane num isolamento externo. Falsa calmaria. Solidão travestida de meditação, escondendo o medo do contato real. Participe da festa da vida.

.

Permita ao espaço interno, acolher, processar, transformar a realidade irreal vivida no social. Permita ao centro -caverna- crescer,  se fortificar na experiência da sensação, da emoção, do sentir. Deixe acontecer e, por momentos, vc vai ver, o Ser vai aparecer. Fique atento. Perceba. Acorde. Deixe o ciclo se repetir uma e outra vez, se consolidar. Acredite. Insista. 

.

Vá fora sentir, experienciar a  sensação;  retorne dentro na compreensão. 

.

.

Rossana Preziosi

.

05
nov
11

samsara

.

Redemoinho

Gira, gira

Sem parar

 .

Torvelinho

Roda, roda

Sem sair do lugar

 .

Tudo confunde

Tudo mistura

Tudo destrói

 .

Furacão da mente

Da razão,

Vertigem da ação

Da pulsão;

Ilusão

 .

Só no centro

De dentro

Tudo é calma

Tudo é paz

Onde a fantasia do fazer

Se desfaz

.

Rossana Preziosi

.

.

11
out
11

libélula

.

quis ser um pássaro

ah, quem dera!

longínqua quimera

armadilhas  do pensamento

arrancam minhas assas

de simples libélula

.

Rossana Preziosi

29
set
11

mente

.

presa, amarrada,

acorrentada,

na caverna invisível

gerada antes de nascer

como ver?

 .

mundo das idéias,

mãe das correntes,

mente mentirosa

que oculta todas as coisas

como perceber?

 .

liberdade,

como não querer?

.

Rossana Preziosi

.

.




Apresentação do blog

A palavra entrou de vez na minha vida.

Primeiro a dos outros, a dos eternos, a dos reconhecidos (poetas, escritores, pensadores). Junto veio também a dos amigos, reais e virtuais, internautas com ou sem pretensões literárias, mas sempre intensa, expressiva, urgente. Agora, aos poucos, a minha própria palavra começa a querer se mostrar, neste novo ciclo de auto conhecimento, de mergulho interior.

Sou visual, enxergo primeiro com os olhos, externos e internos, vejo sonhos, realidades sob perspectivas incomuns, surreais, oníricas, mágicas. Meu interior se apresenta numa idéia, que se transforma numa palavra, que sugere uma imagem, que concretizada se torna um torrente de palavras, que organizadas se apresentam finalmente neste resultado.

A vontade de ver e rever a concretização visual, palpável me fez montar o blog.

Quem sabe em você, vouyeur dos meus pensamentos, não desperte similares insights ?

Bem-vindo ao meu mundo interior

Créditos

A maioria das imagens foram pesquisadas na internet e em muitas não foi possível identificar o autor. Caso vc saiba a quem pertencem por favor avise-me para poder colocar os merecidos créditos.

Autora

médica pediatra e acupunturista; uruguaia de nascimento e coração, brasileira de alma; mãe de duas adolescentes desabrochando; corredora no dia a dia, quase corredora no esporte; vegetariana recente, descobrindo como cozinhar de forma saudável, rápida e saborosa; tentando se conhecer melhor; fascinada pela inter-relação das imagens e das palavras; procurando e achando.

Licença

longe de mim querer ser poética
-nem entendo nada de métrica-
só procuro concordância
entre imagem e palavra,
pensamento e meu momento
e talvez
provocar alguma ressonância.

Anúncios