Posts Tagged ‘liberdade

04
jan
12

dervixe

.

Rodopio

Tudo ao redor é real

Me contém, me abrange, me protege

Tontura quando

Eu giro

 .

Centramento

O mundo gira sem parar

Me separo, me distancio, me acho

Liberdade quando

Eu Sou

 .

.

Rossana Preziosi

.

Anúncios
12
dez
11

liberdade para Não-Ser

.

Ao principio do Céu e da Terra chamo “Não-Ser”

À mãe dos seres individuais chamo “Ser”

Dirigir-se para o “Não -Ser” leva a contemplação da maravilhosa Essência;

dirigir-se para o “Ser” leva à contemplação das limitações espaciais.

Pela origem, ambos são uma coisa só, diferindo apenas no nome.

Em sua Unidade, esse Um é mistério.

O mistério dos mistérios é o portal por onde entram as maravilhas.

.

.

Lao Tse – Tao Te King

11
dez
11

liberdade absoluta

.

Somente aqueles que são capazes de estar sozinhos são capazes de amor, de partilha, de entrar no âmago mais profundo da outra pessoa sem possuir o outro, sem se tornar dependente do outro, sem criar “o outro”, reduzindo o outro em uma coisa.

 .

Eles permitem a liberdade absoluta, porque eles sabem que se o outro parte, eles serão tão felizes como estão agora.

 .

Sua felicidade não pode ser tomada por outro, porque não é dada pelo outro.

 .

 .

 Osho

.

.

28
nov
11

amor

.

O amor não é um fenômeno que possa ser confinado. Você pode tê-lo em suas mãos abertas, mas não em suas mãos fechadas. No momento em que suas mãos se fecham, elas ficam vazias. No momento em que elas se abrem, toda a existência fica a seu alcance.

.

.

Osho

.

22
nov
11

dezessete

.

Percebo

Nego

Percebo

Rejeito

Percebo

Me iludo

 .

Enxergo

Me espanto

Sinto náusea

 .

Compreendo

(não justifico)

Me afasto

Me liberto

.

.

Rossana Preziosi

.

.

15
out
11

criatividade

.

.

A criatividade é um ato de liberdade. Arrancar ervas daninhas, deixar a flor em sua máxima pureza – arte é uma espécie de jardinagem.

.

.

Glória Lopes em http://glohlopes.wordpress.com/ 

08
out
11

asas

.

Lembrou-se de como era antes destes momentos de agora.

Ela era antes uma mulher que procurava um modo, uma forma.

E agora tinha o que na verdade era tão mais perfeito:

era a grande liberdade de não ter modos nem formas.
.

.
Clarice Lispector

(no livro “Uma Aprendizagem ou o Livro dos Prazeres”)

.




Apresentação do blog

A palavra entrou de vez na minha vida.

Primeiro a dos outros, a dos eternos, a dos reconhecidos (poetas, escritores, pensadores). Junto veio também a dos amigos, reais e virtuais, internautas com ou sem pretensões literárias, mas sempre intensa, expressiva, urgente. Agora, aos poucos, a minha própria palavra começa a querer se mostrar, neste novo ciclo de auto conhecimento, de mergulho interior.

Sou visual, enxergo primeiro com os olhos, externos e internos, vejo sonhos, realidades sob perspectivas incomuns, surreais, oníricas, mágicas. Meu interior se apresenta numa idéia, que se transforma numa palavra, que sugere uma imagem, que concretizada se torna um torrente de palavras, que organizadas se apresentam finalmente neste resultado.

A vontade de ver e rever a concretização visual, palpável me fez montar o blog.

Quem sabe em você, vouyeur dos meus pensamentos, não desperte similares insights ?

Bem-vindo ao meu mundo interior

Créditos

A maioria das imagens foram pesquisadas na internet e em muitas não foi possível identificar o autor. Caso vc saiba a quem pertencem por favor avise-me para poder colocar os merecidos créditos.

Autora

médica pediatra e acupunturista; uruguaia de nascimento e coração, brasileira de alma; mãe de duas adolescentes desabrochando; corredora no dia a dia, quase corredora no esporte; vegetariana recente, descobrindo como cozinhar de forma saudável, rápida e saborosa; tentando se conhecer melhor; fascinada pela inter-relação das imagens e das palavras; procurando e achando.

Licença

longe de mim querer ser poética
-nem entendo nada de métrica-
só procuro concordância
entre imagem e palavra,
pensamento e meu momento
e talvez
provocar alguma ressonância.

Anúncios